• slidebg1

    Porquê ser um PlanejadorLife™

    Ajude as pessoas a atingir os seus Planos de Vida
    através de uma gestão adequada de seus finanças

O que é

O Planejador Financeiro Pessoal é o profissional que ajuda as pessoas a lidar com as diversas dinâmicas da vida financeira através da construção de um planejamento financeiro.

É um consultor multiespecialista que avalia os objetivos, expectativas e necessidades de cada cliente visando desenvolver, apresentar e executar estratégias de planejamento financeiro adequadas ao perfil do cliente.

Por ser multiespecialista, este profissional pode atuar como autônomo ou empregado de grupos financeiros, seguradoras, entidades de previdência complementar e demais áreas do planejamento financeiro pessoal.

Em resumo: O Planejador Financeiro é o profissional que ajuda as pessoas a atingir os seus Planos de Vida através de uma gestão adequada de seus finanças.

“O Planejador Financeiro Pessoal é o grande aliado da família na busca de um relacionamento maduro, saudável e edificante com os recursos que possuem”

André Novaes, CEO LifeFP™

O que faz

O Planejador Financeiro Pessoal desenvolve uma agenda que transita por diversas temáticas da Vida Financeira de seu cliente através do desenvolvimento de diálogos e processos que devem resultar na conquista dos objetivos de vida do cliente. O grande escopo da atividade do Planejador Financeiro Pessoal inclui o seguinte:

  •  Definição dos objetivos do cliente
  •  Elaboração de orçamentos
  •  Gestão de dívidas
  •  Planejamento de aposentadoria
  •  Planejamento sucessório
  •  Educação Financeira para a família
  •  Planejamento de Seguros e Gestão de Risco
  •  Gestão de fluxo de caixa
  •  Planejamento de Investimentos
  •  Planejamento imobiliário
  •  Planejamento tributário
  •  Aconselhamento famíliar
  • O Processo do Planejamento Financeiro Pessoal:

    1. Definição da forma de relacionamento entre planejador financeiro e cliente;
    2. Obtenção de informações, dados e objetivos do cliente;
    3. Análise e avaliação das condições financeiras do cliente;
    4. Desenvolvimento e sugestão de alternativas de planejamento financeiro para o cliente;
    5. Execução das recomendações do planejamento financeiro;
    6. Monitoramento das recomendações do planejamento financeiro.

    Como é remunerado

    O Planejador Financeiro Pessoal pode ser remunerado de diversas formas. Desde o recebimento de comissões por produtos comercializados junto aos seus clientes até o modelo consultivo: “Apenas Fee”.

    “Apenas Fee”: O modelo utilizado pela LifeFP™. Neste modelo 100% da receita do Planejador Financeiro vem diretamente do cliente. Cliente e planejador concordam em um valor mensal para a prestação do serviço. Este valor pode ser fixo em R$ ou um % sobre ativos do cliente que são gerenciados pelo Planejador Financeiro. Esté é reconhecido como o modelo mais nobre e transparente da relação cliente - planejador.

    “Baseado em Comissão”: Neste modelo a remuneração do planejador é um híbrido entre o modelo “Fee” e o modelo “Comissão”. Parte da remuneração vem a partir de um vaor fixo, ou “fee” (geralmente para a confecção do plano financeiro) e a outra parte vem das comissões oriundas da comercialização dos produtos necessários para a efetivação do plano. Geralmente é o modelo escolhido por profissionais que estão em migração do modelo “Apenas Comissão” para o modelo “Apenas Fee”.

    Apenas Comissão”: Neste modelo 100% da remuneração do “planejador financeiro” vem da comercialização de produtos. É o modelo mais antigo de remuneração. Hoje em dia, em países com maior maturidade em planejamento financeiro pessoal e demandas de transparência na relação cliente - planejador, este modelo tem sido descontinuado.


    “O VERDADEIRO Planejador Financeiro Pessoal recebe pelo o que faz e não pelo o que vende”

    André Novaes, CEO LifeFP™

    Um pouco de história

    A história formal do planejamento financeiro pessoal começa na década de 40 com os agentes de seguro de vida nos Estados Unidos. Apesar de ter sido criado na Inglaterra, o seguro de vida tem uma grande notoriedade nos EUA e após a crise de 1929 muitos americanos enfrentando o desemprego aceitam posições como corretores de seguros de vida.

    As seguradoras precisavam ampliar e capilarizar as suas operações e perceberam, com perspicácia notável, que as famílias americanas estavam dispostas a receber a visita de profissionais que as ajudassem a pensar sobre o que acontece quando o pior acontece. Ainda com a memória recente da crise de 29, as pessoas entendem que precisam se preparar para as eventualidades e nada pior do que a perda da capacidade de geração de renda para uma família, ainda mais naquela época, tempo no qual o homem quase sempre representava a totalidade da receita familiar.

    Com a disposição destas famílias em ouvir o discurso do agente de seguro de vida, naturalmente este profissional torna-se um ponto de confiança da família, até porque, nos EUA, o seguro de vida era comercializado a partir das necessidades do cliente, ou seja, havia o entendimento, por parte do agente, dos anseios, expectativas e medos da família. Uma vez que aquele profissional já cuidará da família no caso de algo ruim acontecer, passar a posicionar-se como um profissional que cuidava também do que acontece “em vida” era um passo natural. E assim a atividade começou!

    Nas primeiras décadas a atividade era organizada e crescia a partir da venda de produtos financeiros: seguros de vida, planos de previdência, fundos de investimento, corretagem de ações.

    O Planejador Financeiro no mundo

    Os Estados Unidos congregam o maior número de Planejadores Financeiros Pessoais. É uma atividade popular em altamente reconhecida por lá. É comum uma familiar buscar o apoio deste profissional para questões que envolvam o grande tema “Vida Financeira”, como é comum a busca por médicos, advogados, psicólogos e outras atividades consultivas.

    Em diversos outros países a atividade já está bem evoluída com alguns destaques regionais: Europa: destaque para Inglaterra e Holanda. Ásia: destaques para Japão e Índia

    Com o crescimento do número de Planejadores Financeiros, o mercado encontra uma necessidade de destacar aqueles que possuem credenciais de qualidade e ética no desempenho de suas atividades. Um número extenso de certificações emergem, mas a certificação CFP® (Certified Financial Planner) consegue imprimir uma notoriedade e seriedade para os profissionais certificados e é hoje a grande marca de qualidade no mercado de planejadores financeiros.

    Alguns estudos mostram que a atividade de Planejador Financeiro será uma das atividades “quentes” no futuro, ainda mais em países emergentes e que transitarão pelo momento histórico do grande bônus demográfico, como o Brasil entre 2010 e 2030.

    Globalmente a atividade enfrenta um momento de revitalização, com a criação de marcos reguladores e demandas éticas que estimulam a migração para o modelo de remuneração “Apenas Fee” e para uma peespectiva mais centrada na vida dos clientes e não apenas no dinheiro.

    O Planejador Financeiro no Brasil

    Acreditamos que não haja um país melhor para o desenvolvimento desta atividade do que no Brasil e o nosso entusiasmo não é recheado de puro “achismo”. Temos uma classe média emergente e crescente (vide o bônus demográfico), um mercado financeiro dinâmico e cada vez mais transparente e acessível, uma perspectiva de inflação sob as rédeas de uma política monetária austera e um povo criativo e aberto a novidades.

    Ainda é tímido o número de planejadores financeiros no Brasil e ainda menor o número do que consideramos os verdadeiros Planejadores Financeiros, justamente aqueles que atuam a partir da transparência e inteligência do modelo “Apenas Fee”.

    Muitos dos planejadores financeiros no Brasil atuam em instituições financeiras privadas a partir da agenda destas instituições. O número de profissionais autônomos é muito reduzido. É justamente isso que queremos ajudar a mudar.

    Desde 2000 o Brasil conta com a ajuda do IBCPF -Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros. O IBCPF contribui para o desenvolvimento da certificação CFP® no mercado brasileiro e congrega profissionais de alta qualidade.

    Desde 2007 a Life Finanças Pessoais atua como uma empresa independente, 100% atuante no modelo “Apenas Fee” e conta com profissionais CFP® em seu time de Planejadores Financeiros. A LifeFP™ é pioneira neste perspectiva de ser uma operação empresarial de profissionais independentes.


    “A Life é, acima de tudo, uma empresa de planejadores financeiros, antes mesmo de ser uma empresa de planejamento financeiro”

    André Novaes, CEO LifeFP™

    Você pode fazer o seu próprio PF?

    Alguns pacotes de software de finanças pessoais, revistas ou livros de auto-ajuda podem ajudá-lo a fazer seu próprio planejamento financeiro. No entanto, você pode decidir procurar ajuda de um planejador financeiro profissional se:

    Você precisa de conhecimentos que não possui em determinadas áreas das suas finanças: Por exemplo, um planejador pode ajudá-lo a avaliar o nível de risco em sua carteira de investimento ou ajustar seu plano de aposentadoria a partir de um esclarecimento acerca de suas expectativas

    Você deseja obter uma opinião profissional sobre o plano financeiro que você desenvolveu para si mesmo.

    Você não sente que você tem tempo de sobra para fazer seu próprio planejamento financeiro.

    Você tem uma necessidade imediata ou evento de vida mais inesperado, como: Nascimento de um filho, herança, ou doença grave.

    Você sente que um conselheiro profissional pode ajudá-lo a melhorar a relação que você tem com as suas finanças.

    Você sabe que precisa melhorar sua situação financeira atual, mas não sabe por onde começar.


    “A Life é, acima de tudo, uma empresa de planejadores financeiros, antes mesmo de ser uma empresa de planejamento financeiro”

    André Novaes, CEO LifeFP™

    O futuro desta atividade

    O futuro desta atividade é muito menos centrado nos aspectos monetários do planejamento financeiro e muito mais atento as questões da VIDA na perspectiva do planejamento financeiro. Enquanto a orientação até agora foi para o Planejamento Financeiro, o futuro (na verdade, acreditamos que seja o presente!) caminha para a grande obra do PLANEJAMENTO DE VIDA, ou o que o mercado internacional chama de Life Planning.

    O mercado percebe que de nada adianta um plano financeiro que esteja deslocado dos sonhos e anseios dos clientes. O próprio fato de termos focado tanto nas questões financeiras nos colocou na situação das recentes crises que passamos. É fato também que um “simples” plano de vida que não contemple as questões financeiras é um plano “manco”. É nesta positiva, madura e coerente perspectiva que o PLANEJAMENTO DE VIDA emerge como a maior coleção de conhecimentos capaz de conduzir um povo para um futuro mais consciente, equilibrado e perene.

    Na LifeFP™, criamos a nossa marca para este planejamento de vida. Chamamos de LifePQV™ (PLANEJAMENTO da QUALIDADE de VIDA). Justamente o tipo de planejamento que coloca o dinheiro ao papel para o qual fora criado: Como servo e não como senhor. E fica o nosso desafio:

    Ajude-nos a ajudar as pessoas a planejar e obter qualidade de vida em um todo e como um todo. Junte-se a nós neste propósito.

    Abaixo, um vídeo de nosso CEO no painel de encerramento da Global Life Planning Conference de 2011 em Londres, Inglaterra.